Geração de Leads

Como fazer um eBook para geração de leads

Como fazer um eBook para geração de leads

O eBook tem sido uma das táticas mais usadas no Inbound Marketing para atrair leads. Ao propor uma troca justa, onde a marca oferece conteúdo rico e recebe informações do lead, o eBook serve como uma isca útil em estratégias de Marketing Digital.

Mas, afinal, o que é um ebook?

Em tradução literal, eBook significa livro eletrônico. Sendo assim, entendemos que são livros transferidos para o meio digital. A literatura moderna já absorveu o conceito e hoje temos grandes livrarias virtuais que vendem o conteúdo de texto para ser lido apenas no digital, em smartphones, tablets ou até mesmo em dispositivos focados em leitura, como o Kindle.

Em contrapartida, quando falamos de eBook para o Marketing Digital, as características são um pouco diferentes. No Inbound Marketing, o eBook é criado com o intuito de educar seus leads sobre assuntos importantes do segmento e demonstrar o quanto sua empresa é expert no assunto. Ou seja: o Ebook surge para demonstrar às personas, de acordo com a etapa do funil que elas se encontram, o que você faz, como faz e como fará por elas. Ainda não delimitou as personas do seu negócio? Nós explicamos como funciona essa descoberta neste port aqui .

eBook para geração de leads

Além disso, também aproveitamos a forte proposta de valor que tem este tipo de conteúdo rico, para convencer o lead a fornecer informações que serão úteis tanto para a equipe de marketing quanto para a equipe de vendas.

Sendo assim, que tal aprender como funciona o processo de criação de um eBook para alavancar a geração de leads do seu negócio? Preparamos um passo a passo bem detalhado, vamos lá?

1) Faça um brainstorming e valide as ideias

Para começar, nada como levantar ideias! E para levantar ideias, nada como um belo brainstorming com integrantes da equipe. Portanto, reúna o time e coloque as cabeças para pensarem juntas sobre assuntos e abordagens que estão relacionados à empresa. É o momento de levantar sugestões. Além disso, é importante observar o que a concorrência tem produzido de conteúdo rico, seja para se inspirar ou seja para fazer algo ainda melhor.

Ao mesmo tempo, levante os conteúdos já produzidos e que podem ser aproveitados. Por exemplo: vocês já lançaram um eBook sobre um assunto que tem muitas novidades. Então por que não fazer a versão 2.0 desse eBook, com as novas informações? Também é  indicado usar dados levantados pela própria empresa como fonte de informação, como um relatório de mercado feito internamente, por exemplo.

Ao mesmo tempo, não deixe de pensar em suas personas e nos problemas recorrentes que elas enfrentam. Seu eBook tem muito mais valor quando o público vê o diferencial que ele trará na prática.

Por fim, valide as ideias levantadas com setores da empresa que tem contato direto com o público: eles tem propriedade para medir a relevância do conteúdo que você quer produzir. Dependendo da empresa, é possível validar até mesmo com o público, através de pesquisas via formulário ou nas mídias sociais, como uma enquete no Instagram.

2) Delimite o tema e reúna informações

Com as ideias listadas, é hora de delimitar o assunto que será abordado. Para tanto, é o momento de responder algumas questões como:

Qual é meu tema?

Qual etapa da jornada de compra ele se insere?

Quem é a persona a quem se dirige o tema?

Qual problema meu eBook resolve?

Qual é meu objetivo com esse conteúdo?

Consigo aproveitar conteúdos que já temos?

A concorrência já abordou esse assunto? Se sim, como faço melhor?

Tente responder cada uma delas e converse com outros membros da equipe quando não souber a resposta exata. Ao mesmo tempo, levante os dados e pesquise todas as informações que serão necessárias para a construção do texto.

Por fim, pense também se é vantajoso fazer um co-marketing com algum profissional ou empresa da sua área de atuação. Essa tática pode ser muito útil, uma vez que reúne forças para aumentar a relevância e a audiência do conteúdo.

Informações em mãos, é hora de montar um briefing completo e fazer o outline do conteúdo, ou seja, o “esqueleto” do eBook: títulos e tópicos que o constituirão, assuntos abordados em cada parte, dados e por aí vai. Sendo assim, os prazos também deve ser estipulados neste momento.

eBook para geração de leads

3) E agora, já posso escrever?

Sim, sim e sim! Digamos que nesta etapa do processo você já definiu tudo tão bem que é o momento de apenas escrever. Se torna simples quando tudo já está delimitado: objetivo, assunto, persona, momento do funil. Ainda assim, atente-se para tudo que definiu antes e escreva de acordo com isso.

Como dica, recomendamos dividir por capítulos, fazer parágrafos curtos e aproveitar recursos como negrito ou itálico. Tudo isso para tornar a leitura o mais dinâmica possível!

4) Faça a revisão!

Com a primeira versão do eBook pronta, você pode iniciar a revisão do conteúdo. Afinal, você não quer que suas personas consumam um conteúdo com erros, não é mesmo?

Confira os dados apresentados, bem como a gramática. A revisão deve atentar-se para estes dois aspectos, pois ambos são fundamentais para atingirmos nosso objetivo: qualificar leads.

5) Crie a identidade visual e diagrame!

Com o conteúdo textual pronto, você deve voltar-se ao visual. Afinal, como o eBook irá apresentar-se? Opte por uma diagramação que esteja relacionada com a empresa, para facilitar o entendimento do usuário. Aposte também em imagens ao longo do texto!

6) Planeje e faça o lançamento.

Mesmo que o conteúdo textual esteja pronto e a identidade visual também, ainda há trabalho para ser feito! Antes de mais nada, planeje onde e como você irá lançar o eBook. Uma landing page pode ser uma boa opção para uma boa taxa de conversão (link pro texto da taxa de conversão).

Para o lançamento, aposte em uma campanha de e-mail marketing  e posts nas mídias sociais. Também verifique com a equipe a necessidade ou não de campanhas pagas para o lançamento. Agora é só relaxar e esperar os resultados, não? Calmaaaa! Ainda tem mais um passo pela frente!

7) Analise e otimize!

Após todo esse processo de criação e divulgação, ainda temos o grand finale: a análise dos resultados. Com o intuito de ficar cada vez mais assertivo nas estratégias de marketing, escolha quais métricas são importantes para observar. Por exemplo: taxa de conversão, taxa de abertura de e-mail, taxa de clique em e-mail.

Ao analisar as métricas, você pode perceber quais pontos de contato com o lead precisam ser melhorados. Por fim, reúna a equipe num brainstorming de otimização, ou seja, para pensar como melhorar ainda mais as estratégias de criação, divulgação e conversão de eBooks!

E aí, já está pronto para colocar em prática esse passo-a-passo e arrasar na conversão de leads?

TESTE O BULLDESK 7 DIAS GRÁTIS