Geração de Leads

Como gerar leads no PDV e integrá-lo a uma estratégia digital

template-blog-1

A gente sabe que a sua maior preocupação gira em torno de se adequar a novos recursos que integram o universo digital e o comercial da sua empresa.

Inclusive, até já batemos um papo aqui sobre isso. Lembra? Discutimos sobre o real desafio da prospecção comercial e como a sua empresa poderia prospectar clientes no digital.

Se não lembra, ou se quer ver de novo, é só clicar aqui.

Mas vamos ao que interessa… afinal, a estratégia digital é ou não é ideal para o seu negócio?

A estratégia digital é ou não é ideal para o seu negócio?

Primeiro você precisa entender o seu cenário de negócios. Identifique oportunidades e ameaças que o mercado pode oferecer à sua futura estratégia de marketing digital.

Sendo assim, a gente te dá quatro variáveis para você estudar. Anota aí: entender a empresa, os concorrentes, o público-alvo e a procura pelo seu produto no digital.

A primeira análise para saber se a estratégia digital é ou não é ideal para o seu negócio, é quando você descobrir os pontos fortes e fracos da empresa.

Anote tudo num papel, incluindo o time de vendas, recursos humanos, econômicos e outros (tudo isso de acordo com a sua estrutura).

Não esqueça de fazer um benchmarking. Você deve estudar o comportamento dos seus concorrentes e entender ainda mais o que eles procuram, qual a necessidade de compra, qual os pontos positivos e negativos e o que eles estão fazendo na Internet.

O benchmarking encoraja as empresas a pensarem além de suas limitações, a buscarem fatores-chaves que aumentem exponencialmente sua competitividade.

Depois, é só entender o perfil do seu público-alvo. Aqui vamos criar personas.

Como fazer? Busque informações demográficas, sociais, econômicas, interesses pessoais e profissionais, problemas/dores, conteúdo nas redes sociais… tudo mesmo. Aqui, a stalkeada tá liberada! 😉

giphy-6

Agora anota aí outra dica preciosa: Google Trends. Essa é uma ferramenta que calcula a demanda por algo nas redes de pesquisa do Google e permite que você identifique as pesquisas que os usuários têm feito de acordo com determinados termos.

É possível, inclusive, ver quais são as principais consultas que os usuários têm feito para responder todas as suas dúvidas.

Como integrar estratégias no PDV a uma estratégia digital e utilizar as duas estratégias de forma inteligente

Você já deve ter notado que com o avanço da internet, tecnologia e e-commerce, essa fronteira entre o online e offline no processo de compra tem se tornado mais permeável.

Por isso, estamos aqui para ressaltar o quão importante é integrar as estratégias no PDV a uma estratégia digital, de uma forma inteligente.

Tenho bastante experiência com venda direta. Posso utilizar essa vantagem do universo digital também? Empresário

A resposta é sim. Mas vamos com calma. Você já leu nossas dicas aqui no post e vamos continuar te ajudando ainda mais.

Vamos citar alguns exemplos bem simples que já podem estar acontecendo com o seu negócio – e às vezes você nem percebeu!

Exemplo 1: Sua empresa pode estar nesse momento participando de alguma feira ou evento pela sua cidade.

Seu stand está lá, vendendo o seu produto. Mas, está dando o retorno que você está esperando? Como está sendo o contato direto com as pessoas que estão parando ali para olhar o que você está oferecendo?

Vale lembrar que, talvez, o investimento não está gerando um retorno 100%. Os leads que você está gerando ali, podem acabar esfriando, esquecendo disso tudo daqui uns dias.

Quem dará a certeza que ele irá entrar em contato com a sua empresa depois de pegar apenas um cartão de visita?

É aí que entra a nossa estratégia digital.

De uma forma inteligente, podemos criar páginas que mensuram os leads interessados neste evento.

Você estará captando os leads e criando uma automação de marketing pré, durante e pós-evento, enviando e-mais automáticos para nutrir o contato.

Ele não esquecerá da sua empresa tão cedo. Afinal, você estará sempre ali… procurando e solucionando o problema dele através de um relacionamento.

Ou seja, a ideia é que a abordagem durante o evento não seja fria, pois seu potencial cliente já terá sido nutrido e você também terá mais informações sobre ele.

Exemplo 2: Nesse exemplo, vamos te mostrar de novo que a sua atuação em uma loja física ou ponto de venda se torna extremamente beneficiada com ações do marketing digital.

Algumas empresas utilizam a internet para trazer novos clientes para suas lojas, certo?

Você pode usar dados captados offline para ativar seus clientes online no Facebook, por exemplo.

Esteja sempre presente para o seu público-alvo, produzindo conteúdos relevantes que lhe interessam e “prendam” ainda mais, de uma forma positiva – essa dica vale para o meio físico ou digital. É sempre uma boa estratégia!

Se isso te deixa feliz e mais seguro, ações online são mensuradas mais facilmente do que ações tradicionais, como propaganda impressa ou TV/rádio. 😉

E como podemos unir o marketing digital com o offline aqui?

Você pode utilizar páginas de captura nos computadores da sua loja, por exemplo. Com isso, futuramente fica mais fácil de produzir ações online ou cadastrar clientes.

A base você já vai ter: o e-mail para contato dele. Isso é o que precisamos, certo? São gatilhos como esse que geramos as ações de automação de marketing.
Isso também servirá para ações, promoções e descontos posteriores. Ou também, avisos e novidades através do E-mail Marketing.

Não esqueça de utilizar as redes sociais também. Que tal um desconto exclusivo para clientes que comprarem na sua loja física e curtiram sua página no Facebook?

Ativação em PDV de forma similar aos eventos e feiras que citamos lá em cima também são úteis.

E aí, o que achou?

Só não esqueça de dois passos bem importantes!

Passo 1: Sua marca precisa transmitir a segurança necessária para o lead. Então vamos criar uma landing page dentro do Bulldesk e utilizar para a captação de leads da sua campanha de marketing.

Todos os dados serão utilizados de forma correta, mostrando ao cliente que todo o conteúdo valerá a pena, passando credibilidade a quem visita suas landing pages.

Resultado: Boa taxa de conversão.

creating-landing-page

Você pode criar sua landing page rapidamente com apenas alguns cliques, afinal, o Bulldesk fornece diversas opções de temas e tudo o que você precisa fazer é preencher com conteúdo. Falando em conteúdo, vamos para o segundo passo…

Passo 2: Você precisa manter um relacionamento duradouro com o cliente, certo? Aqui, precisamos criar um alinhamento entre as áreas de Marketing e Vendas até que o lead esteja pronto para a compra.

Se você quer resultados, dá uma olhadinha nesse post aqui , a gente organizou uma listinha que garantem que sua empresa obtenha bons resultados com marketing digital.

Curtiu o post ou se interessou pela nossa plataforma? É só dar um alô pra gente! 😀

Só mais uma coisinha, baixe agora o nosso guia para iniciantes na automação de marketing e aprenda mais sobre estratégias digitais!

2