Inbound Marketing Marketing Digital

Como treinar, reter e fidelizar clientes com Marketing de Conteúdo

Como treinar, reter e fidelizar clientes com Marketing de Conteúdo

Já imaginou um tipo de conteúdo estratégico que atrai e traz valor real para as pessoas? Afinal, o ponto hoje não é mais a necessidade de estar na internet, mas como se colocar nela para ganhar a atenção do público e se destacar em meio à concorrência, que já está lá. Isto é, você precisa adotar as melhores e mais modernas estratégias de aquisição de clientes. Uma das principais é o Marketing de Conteúdo, que é usado e recomendado por especialistas de marketing digital em todo o mundo.

Em suma, o marketing de conteúdo, chamado também de marketing de relacionamento, nada mais é que um conjunto de ações que você coloca em prática no seu negócio, a fim de criar e manter um relacionamento positivo com os seus clientes. Desse modo, o objetivo principal é fazer com que eles se tornem verdadeiros fãs e defensores da sua marca.

Engajar com o público certo faz com que essas pessoas consequentemente queiram comprar ou fechar um negócio com você (e com mais frequência do que o usual). A ideia é fazer com que seu público compre mais de você porque confia e é influenciado por sua marca.
Conheça e coloque em prática essa estratégia de marketing em sua empresa.

Coloque o marketing de conteúdo em prática e fidelize seu cliente

Coloque o Marketing de Conteúdo em prática e fidelize seu cliente

Mas, antes de mais nada, você deve entender que o marketing de conteúdo também deve impactar internamente no seu negócio. Em princípio, é importante reforçar que a cultura de fidelização e engajamento sempre tem início com o seu público interno; no caso, a sua equipe.

Sendo assim, uma equipe bem motivada e informada vai atender o cliente com maior entusiasmo e energia positiva, desde o primeiro contato, e isso com certeza fará a diferença no futuro. Afinal, as pessoas compram de pessoas que confiam, e essa motivação é essencial para gerar uma comunicação mais leve, segura, descomplicada e humanizada.

Por isso, no seu negócio, você precisa de um sistema de atendimento que conquiste o cliente. Faça com que a relação comece na venda e se estenda até o pós venda, para que assim, no futuro, ele possa e queira realizar novas compras com você.

Conclusão? O seu cliente deve se sentir como uma peça importante no seu negócio, não só no atendimento presencial mas também no digital. Chame ele pelo nome, seja sempre atencioso e cordial, utilize plataformas que conversem de maneira bacana com ele, seja pontual nos feedbacks e assim por diante.

Assim sendo, a saúde do seu negócio depende da saúde da sua equipe e do seu cliente. Quando você cuida bem desses pilares, na verdade você está cuidando muito bem do seu negócio.

Agora sim, vamos ao que intweeressa.

#FicaDica!

5 coisas que não podem faltar no seu marketing de relacionamenro

Conheça sua persona

Primeiramente: toda a sua comunicação tem que estar focada em sua persona, ou seja, em seu cliente ideal. A persona vai além do seu público alvo e além de um grupo de pessoas, pois se trata de uma pessoa específica que você se comunicará, conversará e tentará vender. Mas antes disso, antes de vender, é preciso fazer um marketing de conteúdo que esteja focado nessa pessoa.

Você tem que saber qual a idade que o seu cliente tem, do que ele gosta, se tem filhos, enfim, quanto mais informações, melhor. Foque sua estratégia de comunicação nessa pessoa, pensando que será que se tornará o seu seu cliente ideal. Por certo, se você conseguir alcançar com sucesso essa persona dos sonhos, ela estará impactada, terá vontade de curtir seu conteúdo diferenciado, compartilhar e até contar para os amigos.

Quer saber como traçar a persona ideal pro seu negócio? Nós preparamos um post inteirinho sobre o assunto que você pode conferir aqui.

Defina o assunto

Em segundo lugar: não pode faltar no marketing de conteúdo um assunto que seja específico, claro e muito bem definido. Por exemplo, você quer divulgar a sua loja de roupa e a primeira palavra que vem na sua cabeça pra falar é roupa? Errado! Uma palavra-chave muito ampla abrange um universo imenso. Com certeza seus concorrentes também já estão utilizando essa palavra. Portanto, use palavras-chaves que expliquem melhor e de maneira mais aprofundada onde você está inserido no seu mercado.

Se você for uma loja de roupa segmentada para academia, use palavras como fitwear, moda fitness, academia fashion, etc. Quanto mais específico for o seu conteúdo, mais terá  a ver com o seu nicho. Desse modo, você conseguirá definir bem com quem está falando. Por consequência, definirá bem o conteúdo que você vai trazer ao mercado. Portanto, quanto mais específico, maior é a transformação. Você precisa ter foco quando estiver falando, foco nas suas pautas e claro, 100% focado na sua persona.

Defina o objetivo

Em terceiro lugar: tenha um objetivo bem definido. Afinal, existem diversos objetivos que você pode alcançar com o marketing de conteúdo. Você pode vender mais mas também pode ir além.

Por exemplo: você pode atrair novos clientes, engajar com os que você já tem, mas aí isso é um outro tipo de objetivo. Enfim, é importante você saber que você precisa escolher um objetivo e focar nele.

Você não pode tentar falar pra todo mundo ao mesmo tempo, e muito menos várias coisas ao mesmo tempo. Então, tenha em mente o que você quer que o seu cliente/persona sinta quando for impactado com o seu conteúdo. Isso é fundamental

“A” headline

Faça uma headline foda. Isso mesmo que você leu. Foda. Porque ela tem que chamar muita, mas muita atenção. Quando você está no Facebook, por exemplo, você não vê o artigo todo que alguém escreveu e só depois lê a headline. Da mesma forma, quando você recebe um e-mail: você não clica ou acessa aquele conteúdo se o título não for interessante e chamar atenção o suficiente.

Em contrapartida, títulos bons e que conversam com seu público são muito efetivos! Entretanto, se ele não se diferencia e não traz algo que faça a pessoa se interessar, não chegará em lugar nenhum. Ah, e isso vale para todos os meios, independentemente de qual canal que você estará utilizando. Sempre crie uma headline que faça o seu cliente clicar com toda a certeza.

Defina o lugar que você está

Por último, mas não menos importante, defina qual lugar certo para falar com a sua persona. Descubra onde a sua persona está e claro, esteja lá também. Quais canais a sua persona mais usa? Instagram, Facebook, WhatsApp, Pinterest, Blog, Youtube? Você não precisa estar em todos os canais que existem no mundo, mas conheça a sua persona e escolha pelo menos 2 canais corretos para você estar também e atingir o seu cliente.

Coloque a mão na massa

Conseguiu entender melhor o que é o marketing de conteúdo, bem como a grande importância que possui? Quando você é uma empresa que só quer saber de vender, vender e vender, você só está obviamente, pensando no lucro. Agora, quando você é uma empresa que começa a se preocupar com o relacionamento com o seu cliente, que pode ter vindo através de um anúncio, por exemplo, a partir de agora você tem a missão de fazer com que o seu cliente tenha uma experiência fantástica. Quando você se preocupa com o sucesso do cliente, você consequentemente se preocupa com o sucesso da empresa.

Fidelize esse cliente, faça ele virar seu grande fã e não querer mais saber e nem olhar a concorrência. Crie um programa de fidelização, não esqueça do pós venda. Ofereça brindes, benefícios, promoções e atendimentos personalizados e outros tipos de ações para garantir que esses clientes sejam fiéis ao produto ou serviço que a sua marca tem a oferecer: isso com certeza vai gerar um lucro a longo prazo e uma receita recorrente.

Não se esqueça de considerar durante todo processo o funil de vendas e a jornada de compra do cliente. Assim, você não deixa passar nenhuma etapa sem atenção.

Viu só como é fácil entender?

O grande segredo? Basta você querer!

Qualquer coisa já sabe, né? Pode contar com o Bulldesk. 😉

TESTE O BULLDESK 7 DIAS GRÁTIS